Operadores e operadoras dos Sistemas Comunitários de Abastecimento e Tratamento de Água participam da segunda etapa do processo seletivo

Promover uma gestão comunitária é estimular a participação da população local  em  diversos fóruns sobre tomada de decisão, gestão da água, formas de utilização, e sustentabilidade. Em 10 comunidades rurais do município de Buíque, 320 famílias serão beneficiadas com a revitalização de três poços artesianos e implantação de três Sistemas Comunitários de Abastecimento D´água, através do Projeto de Gestão Comunitária de Sistemas de Abastecimento D’água.

Executado pela Cáritas Diocesana de Pesqueira, em parceria com a Fundação Avina, e Instituto Coca Cola – através da Aliança Água + Acesso  –  o objetivo do projeto é fomentar nas comunidades beneficiadas a mobilização social, formação em conteúdos ligados ao acesso e uso consciente da água, preservação do meio ambiente, saneamento rural, empoderamento de mulheres e jovens, associativismo, organização comunitária, e capacitação das lideranças sobre os processos de gestão comunitária.

Para operacionalizar os Sistemas , os moradores das comunidades participaram de um processo seletivo para Operadores e Operadoras dos Sistemas Comunitários de Abastecimento e Tratamento de Água, que foi dividido em três etapas. Na primeira houve um teste de conhecimentos gerais (português, matemática e redação); na segunda os primeiros colocados passaram por um processo de capacitação; e na terceira haverá uma entrevista onde os(as) candidatos(as) serão avaliados(as) com base no desempenho da capacitação.

Nos dias 27 e 28 de março, na comunidade de Pilãozinho, ocorreu a segunda etapa do processo seletivo, com a capacitação dos operadores (as) selecionados (as). Ao todo, 16 pessoas, sendo 8 homens e 8 mulheres – dos quais 7 são jovens, entre 21 e 29 anos- participaram da capacitação, que  abordou  questões relacionadas a água; Convivência com o Semiárido Brasileiro; as atribuições na operacionalização do sistema; o que é sistema comunitário de água; o papel do operador e como funciona a implantação do sistema comunitário.

Ao final da capacitação, cada participante teve como encaminhamento gravar um vídeo avaliando a atividade, e em seguida haverá uma visita com os operadores selecionados  do Sistema I para compreender toda implementação do Sistema Comunitário de Abastecimento e Tratamento de Água.

Por Núcleo de Comunicação da Cáritas Diocesana de Pesqueira.

2

 

 

4

3


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *