Cáritas Diocesana de Pesqueira participa da 3ª “Romaria da Terra e das Águas” na reflexão sobre o cuidado com a nossa “casa comum”

Na Encíclica Laudato Si’ (Louvado sejas) o Papa Francisco trás a reflexão sobre questões ecológicas, como o cuidado da criação, o esforço por unir a sociedade na busca de um desenvolvimento sustentável, a partir das consequências da degradação ambiental na vida dos mais pobres do mundo.

Com o objetivo de cuidar da “nossa casa comum” como nos pede o Santo Padre, e ao mesmo tempo reafirmar o compromisso em zelar pela água, terra e a natureza, a Cáritas Diocesana de Pesqueira participou pelo terceiro ano consecutivo, da “Romaria da Terra e das Águas”, organizada pela Diocese de Pesqueira por meio da Comissão Diocesana das Pastorais Sociais.

A atividade aconteceu na última quarta-feira (1º) no município de Sertânia. A Romaria teve início na Escola Técnica Estadual Arlindo Ferreira dos Santos onde o povo indígena Xucuru de Ororubá cantou um ponto como prece para a caminhada. O grupo seguiu por um percurso de aproximadamente 4km até o açude de Barras, zona rural de Sertânia. A caminhada contou com algumas paradas onde os romeiros partilharam reflexões e realizaram preces. 

Para o articulador da Cáritas Diocesana de Pesqueira, John Lennon, “foi um momento rico de alimentar a espiritualidade e de refletir sobre nossas ações cotidianas, como preservar a natureza, cuidar de nossa casa comum, da solidariedade e amor ao próximo. Mas também, uma pausa para refletir sobre a luta pelos direitos das mulheres, dos agricultores e agricultoras, jovens e outras classes da nossa sociedade”, completa.

6

1

“Durante a romaria tivemos momentos de reflexão não apenas sobre o cuidado com a terra e com a água, mas também reflexões acerca dos trabalhadores rurais, da valorização da mulher e do sistema político que cada vez mais atinge os direitos de milhares de brasileiros. Isso tudo se interliga com o bem comum, um dos princípios permanentes da Doutrina Social da Igreja, que está relacionada com outros pontos fundamentais para a dignidade da pessoa humana”, relata Irmã Edenice Maria.

A caminhada encerrou o percurso no açude de Barras com bênção e distribuição de mudas. A 3ª edição da Romaria contou com a participação e apoio dos padres Bonfim e Junior Rebouças; da Cáritas Interparoquial Sagrada Família; de representantes de pastorais, movimentos e serviços das paróquias da cidade de Sertânia; da Comissão Pastoral da Terra da Diocese de Afogados da Ingazeira; e do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Sertânia.

2

3

4


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *