Projeto Igreja em Saída será executado nos 13 municípios do território diocesano

“Prefiro uma Igreja acidentada, ferida, enlameada por ter saí­do pelas estradas, a uma Igreja enferma pelo fechamento e a comodidade de se agarrar às próprias seguranças. Não quero uma Igreja preocupada com ser o centro, e que acaba presa em um emaranhado de obsessões e procedimentos”, com estas palavras o Papa Francisco em um dos seus discursos nos leva a refletir sobre a missionariedade cristã, e nos convida a sermos uma Igreja em Saída.

E para fortalecer no território diocesano uma atuação mais intensa com ênfase nos princípios e na filosofia dessa Igreja em Saída, a Cáritas Diocesana de Pesqueira, promove junto a Diocese de Pesqueira, o Projeto Igreja em Saída.

O projeto está  dividido em várias etapas que compreendem: mobilização de leigos (as) nos treze municípios do território da Diocese de Pesqueira; capacitação e formação dos (as) leigos (as) a partir das abordagens da Encíclica Laudato SI, da Pastoralidade e da transformação social; promoção de estratégias de atuação e de incidência nos contextos das periferias, e por fim, diagnóstico dos ambientes de atuação das Cáritas Paroquiais: periferias, locais que a Igreja não chega e atuação dos leigos e leigas.

O primeiro diagnóstico do projeto foi realizado na última  terça-feira (11), no salão paroquial da Catedral de Santa Águeda, em Pesqueira. Facilitado pela agente Cáritas, Irmã Gleiciane Lira, o diagnóstico conseguiu apontar problemáticas de alguns bairros carentes do município, como carência de políticas públicas efetivas, desemprego, drogas, alcoolismo, dentre outros. “A proposta do Igreja em Saída já está no linguajar de nossas comunidades. Agora precisamos somar forças com as iniciativas que já existem, e fazer acontecer coisas novas, diante da escuta do contexto social em que as pessoas estão inseridas, como nos convida o Papa Francisco”, finalizou Gleiciane. 

1

WhatsApp Image 2019-06-12 at 08.41.20


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *