Cáritas Diocesana de Pesqueira lança Campanha sobre empoderamento feminino e cultura de paz, em escola do município

A Rede de Mulheres do Agreste Pernambucano é um fórum de ações estratégicas para enfrentamento da violência contra a mulher, e promoção de cultura de paz do território do Agreste  Pernambucano. O espaço é fruto da participação das agentes das Cáritas (Inter) Paroquiais, mulheres indígenas, quilombolas, jovens, agricultoras, e movimentos sociais, durante o Seminário Territorial de Mulheres, realizado pela Cáritas Diocesana de Pesqueira.

Como encaminhamento das ações da Rede no território está o lançamento da Campanha “Empoderamento Feminino na Construção de uma Cultura de Paz”.  Um dos objetivos da campanha é proporcionar a mudança de atitudes e comportamentos machistas de meninos, reforçando a importância do envolvimento deles pela manutenção da cultura de paz na escola e no lugar onde vivem. Assim como, estimular o empoderamento das meninas no ambiente escolar e de suas comunidades, através da participação em espaços sociais e políticos de poder e decisão.

A proposta é envolver gestoras, alunas e alunos de escolas do território diocesano em ações temáticas e pedagógicas. Nesta quarta–feira (14), a Escola de Referência em Ensino Médio Margarida de Lima Falcão , em Pesqueira, participou da apresentação e lançamento da Campanha.

Voltada para alunos e alunas do terceiro ano, com faixa etária dos 14 aos 19 anos, a Campanha será apresentada em formato de Rodas de Conversa Educativa com dinâmicas de vídeos, documentários, teatro, música e etc.

As Rodas irão abordar as seguintes temáticas: Desigualdade e Estereótipos de Gênero; Violência contra a mulher: Quais são os tipos de violências contra a mulher existentes e como combatê-las? ; Empoderamento Feminino: O que não podemos mais aceitar? ; e Mulheres nos espaços de poder e decisão: nós somos mesmo representadas?. 

 “A Cáritas Diocesana deseja nestas rodas de conversa sensibilizar os meninos sobre respeito, tolerância e enfretamento à violência, e as meninas sobre o entendimento de igualdade de gênero e incidência nos espaços sociais e políticos”, comentou a agente da Cáritas Diocesana de Pesqueira e Assistente Social, Edisângela Lins.

A primeira Roda de Conversa ocorre na próxima quinta-feira (29), com debate sobre  a temática “Desigualdade e Estereótipos de Gênero”, para as turmas dos terceiros ano  como projeto piloto, mas com a possibilidade de extensão as demais turmas da Escola Margarida Falcão.

Participaram do lançamento a Cáritas Diocesana de Pesqueira;  a secretária da Mulher de Buíque, Santina Tereza ; o núcleo de gestão  e pedagogia da escola, nas pessoas de Emerson Galindo, Roseli Britto e Abigail Vieira, e a  integrante da  Rede de Mulheres, Roberta Tenório.

Por Núcleo de Comunicação da Cáritas Diocesana de Pesqueira.

1

2

 

cultura_de_paz_Prancheta 1cultura_de_paz_Prancheta 1


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *