Encontro Territorial sobre saneamento rural amplia debate, e reaplicação do modelo no Agreste e Sertão do Estado

A experiência da implantação de um modelo de autogestão com operação e manutenção de sistemas de abastecimento de água, feita pelos (as) moradores (as) de onze comunidades rurais do município de Buíque, foi o mote do II Encontro Territorial sobre Saneamento Rural, realizado pela Cáritas Diocesana de Pesqueira, nos dias 26 e 27 de novembro, em Pesqueira.

Há quase dois anos o Projeto Gestão Comunitária de Sistemas de Abastecimento D´água, está transformando diretamente a realidade de 1380 pessoas dessas comunidades. Em parceria com a Fundação Avina, Instituto Coca Cola-Brasil, através da Aliança Água Mais Acesso, Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural do Estado (SDA) e Prefeitura Municipal de Buíque, este debate está sendo construído a partir de dois aspectos: abastecimento d’água através do saneamento rural e gestão comunitária como principal ferramenta de sustentabilidade do projeto.

Durante os dois dias, 60 participantes de nove municípios do Agreste e Sertão do Estado, entre representantes de organizações parceiras como a Fundação Avina; líderes comunitários; Conselhos Municipais de Desenvolvimento Rural Sustentável; Secretarias de Agricultura; Cáritas Paroquiais e Interparoquiais; Poder Executivo; Comitês Gestores de Água,  debateram sobre os “Desafios e Perspectivas da Gestão Comunitária de Sistemas de Abastecimento de Água”, promovendo assim, troca de experiências entre os municípios  através de trabalhos em grupo; análise dos desafios e  construção de propostas para  o fortalecimento e ampliação dos modelos de gestão comunitária de sistemas de abastecimento no Estado, bem como o papel da comunicação como  instrumento de mobilização social e estratégias de divulgação.

Para José de Oliveira Farias, conhecido como Zé de Beijo, do Conselho Municipal de Desenvolvimento de Alagoinha, “foi construtivo demais ter vindo para o encontro. Tiro como aprendizado que juntos podemos fazer muito, que é importante ouvir, conhecer, para fazer a diferença em nossa realidade”, comentou.

A programação contou com momento de mística conduzido pelos membros da Associação Municipal de Gestoras e Gestores Comunitários de Abastecimento de Água de Buíque e da Cáritas Paroquial Santana de Buíque; carrossel de experiências com experimentos em gestão comunitária como o da comunidade Malhada Branca, e das comunidades contempladas com o Projeto, como o Sistema Aliança, Água Doce e Água Viva, onde os moradores apresentaram todas as etapas da implementação.

Quem também participou do encontro foi a agricultora, líder comunitária da Comunidade Barrocão e comunicadora do Sistema Comunitário de Abastecimento e Tratamento De Água Aliança, Maria Socorro Santos. “Que encontro bonito. Me emocionei várias vezes, em ver nossa história sendo contada e mostrada às pessoas.  Que dádiva ter participado desse projeto e olhar para as minhas mãos e ver que os calos que tenho, geraram o maior bem que é a água na minha torneira”, contou emocionada.

A secretária executiva da Cáritas Diocesana de Pesqueira, Neilda Pereira, encerrou o encontro parabenizando a reafirmando que o momento foi de construção coletiva e da importância em avançar cada vez mais ampliando e fortalecendo as parcerias.

As discussões nos grupos de trabalhos apontaram alguns encaminhamentos como: intercâmbios para troca de experiências; ampliação do projeto para  outros municípios; realização de Oficinas sobre Comunicação Popular; buscar as implantações de banheiros nas comunidades rurais;  a questão do lixo rural; a inserção de práticas ambientais voltadas para  preservação dos recursos naturais; o estudo de viabilidade e qualidade da água; e  ampliação do debate junto aos poderes legislativo e executivo, foram alguns dos itens sugeridos.

Por fim a Cáritas Diocesana propôs as organizações a realização de uma pesquisa para identificação dos sistemas comunitários de abastecimento de água existentes em seus municípios, de modo a possibilitar um mapeamento que permita subsidiar e fortalecer ainda mais o debate sobre o saneamento rural, bem como, subsidiar a elaboração de projetos futuros ligados a esta temática.

Por Núcleo de Comunicação da Cáritas Diocesana de Pesqueira.

IMG_3483

IMG_3516

IMG_3501

IMG_3452

IMG_4121

IMG_4104 [

IMG_4398 IMG_4409

IMG_4396

IMG_4236

IMG_4094

IMG_4191

IMG_3554


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *